página principal

“É um sacerdote segundo o Meu Coração.
(...) Por ele agradou-Me divulgar
a honra à Minha misericórdia”(Diário, 1256).

“Pelos seus esforços uma nova luz brilhará na
Igreja de Deus para o consolo das almas” (Diário, 1390).

 


“Aos pés de Jesus, estava o meu confessor, e, atrás dele, um grande número de altos dignitários, cujas vestes nunca tinha visto, a não ser nesta visão. E, atrás deles, havia membros da vida consagrada; mais além vi grandes multidões de pessoas, que a minha vista não podia abarcar. Vi saindo da Hóstia esses dois raios tal como na Imagem, que se uniram estreitamente, mas não se misturaram, e passaram às mãos do meu confessor, e, depois, às mãos desses religiosos, e de suas mãos passaram às pessoas e voltaram à Hóstia... e, nesse momento, me vi na cela, como se mal tivesse acabado de entrar...” (Diário, 344).

 

BEATIFICAÇÃO DO PADRE MIGUEL SOPOCKO

No dia 28 de setembro de 2008, no Santuário da Divina Misericórdia em Bialystok (Polônia), realizou-se a beatificação do padre Miguel Sopocko – confessor e diretor espiritual da santa irmã Faustina Kowalska e fundador da Congregação das Irmãs de Jesus Misericordioso. A santa missa de beatificação foi presidida pelo delegado pontifício arcebispo Angelo Amato, prefeito da Congregação para Assuntos de Canonização.



O arcebispo Angelo Amato presidiu o ato da beatificação, tendo lido um decreto do papa
Bento XVI, expedido no dia 26 de setembro de 2008 no Vaticano:

“... pela nossa autoridade apostólica autorizamos que a partir de agora ao Venerável Servo de Deus Miguel Sopocko, presbítero, que dedicou a sua vida à proclamação da Divina misericórdia, dando um exemplo de santidade sacerdotal, seja atribuído o título de Beato e que a sua festa seja comemorada anualmente no dia 15 de fevereiro, no dia do seu nascimento para o Céu, nos lugares e na forma definida pela Lei.”



Participaram na solenidade: o Núncio Apostólico da Polónia, representantes das principais estruturas hierárquicas da Igreja polaca e lituana, cardeais, mais de 100 arcebispos e bispos polacos e cerca de 500 sacerdotes da Polónia e do estrangeiro. Na solenidade participaram em grande número representantes de muitas Congregações masculinas e femininas.





O grupo mais numeroso foi o das Irmãs da Congregação de Jesus Misericordioso, juntamente com peregrinos de 12 países onde existem casas religiosas Congregação.




Igualmente participaram da solenidade o Presidente da República da Polônia Lech Kaczynski e o último Presidente da Polônia no exílio, Ryszard Kaczorowski, o presidente do Parlamento da Polônia, deputados, autoridades da cidade, representantes do Exército Polonês e do mundo da ciência.





Participaram diretamente na solenidade cerca de 80 mil devotos da Misericórdia Divina, bem como, através de transmissões televisivas e radiofónicas, uma incontável multidão de católicos.






Escoteiros das escolas de Bialystok distribuíram aos participantes da beatificação cerca de 100 mil santinhos com a imagem de Jesus Misericordioso, um presente da Congregação das Irmãs de Jesus Misericordioso.



Na reflexão que precedeu a oração do “Ângelus”,
que no domingo, 28 de setembro de 2008, recitou com os fiéis em Castel Gandolfo,
o Santo Padre Bento XVI saudou os participantes da solenidade:



“Saúdo os poloneses que vieram aqui a Castel Gandolfo. De maneira especial saúdo hoje os participantes da beatificação que hoje se realiza na Polônia, em Bialystok, do Servo de Deus pe. Miguel Sopocko, confessor e diretor espiritual de Santa Faustina Kowalska. Por sugestão dele, no seu conhecido “Diário” ela descreveu as suas experiências místicas e as aparições de Jesus Misericordioso. Também graças aos empenhos dele foi pintada e apresentada ao mundo a conhecida imagem com a legenda: “Jesus, eu confio em Vós”. O Servo de Deus deu-se a conhecer como zeloso sacerdote, professor e educador, promotor do culto da Divina misericórdia. Associo-me à alegria das arquidioceses de Bialystok e de Vilna e de todos fiéis no mundo a quem é próxima a mensagem de Jesus Misericordioso.
Com essa beatificação certamente se alegra, na casa do Pai, o meu amado predecessor, o Servo de Deus João Paulo II. Foi ele que confiou o mundo à Divina misericórdia. Por isso repito o seu voto: Que Deus rico em misericórdia abençoe a Vós todos”.




Sarcófago com as relíquias do beato pe. Miguel Sopocko no Santuário da Divina Misericórdia
em Bialystok (Polônia).



 

 

<< tabela de conteúdo
www.jesus-misericordioso.com

Para cima

 

Direitos autorais reservados © Congregação das Irmãs de Jesus Misericordioso
Cópia dos textos e da imagem de Jesus Misericordioso permitida exclusivamente com o fornecimento
do nome completo da fonte de origem ou link ativo para o site:
www.jesus-misericordioso.com

© Tradução: Prof. Mariano Kawka, Mariana Biela